Results tagged “Raquel”

Raquel, páginas 5 e 6




Página 5
Raquel: Fora isso, não achei um átomo a mais de informação sobre.
Raquel: (que sono, não dormi nada...)
Raquel: assim mesmo, a doida aqui decidiu sair da cidade e ir conhecer a tal universidade:
Raquel: afinal, segundo a carta, a tal O.M.N.I. me oferecia uma viagem gratuita para conhecer suas dependências,
Raquel: sem nenhum compromisso da minha parte,
Raquel: mais alimentação e estadia *de graça* por dois dias e...
Raquel: bom, é de graça, né?
Raquel: Na pior das hipóteses, passo um fim de semana sem ouvir meu irmão me chamando de inútil...
Raquel: Na melhor das hipóteses, mudo de cidade e de rotina, dou uma arejada na minha vida :)
Página 6
Raquel: Espero não me arrepender
Raquel: Me sinto nas portas de um trem fantasma...
Raquel: "Lasciate ogni speranza, voi ch'intrate"

A história até agora: Raquel está em um ônibus, relembrando que quase passou em todos os vestibulares que fez e da carta da misteriosa "Universidade O.M.N.I.", que a chamou....

Para quem chegou agora: Raquel é uma história em quadrinhos, escrita por mim e desenhada pelo Miguel Jacob. É o "remake" de uma história que já fiz mais de uma vez, mas dessa vez pretendo que seja a definitiva :)

Confesso que tava com preguiça e meia de fazer esse texto =p Não que eu não queira ou não goste de fazer, mas simplesmente bateu preguição, quem nunca? Fui à praia com namorada e amigos no último feriado, e como foram dias nublados e de chuva, mais descansamos e descarregamos da aceleração maluca da cidade (exageradamente, doentiamente) grande do que aproveitar o mar e a praia.

Daí minha inércia preguiçosa ^^

Por outro lado estou com planinhos e planinhos em relação às minhas histórias para o "ano que vem" (entre aspas, já que pode ser já-já que aconteçam, mas é mais provável que seja em 2018 mesmo, o ano novo já tá ali virando a esquina) (incrível que 2017 esteja no fim, esse ano pareceu ser uns três somados de tão arrastado), e já estou me pilhando com Raquel e com as tirinhas, pedindo dicas e fazendo pesquisas pra ver quão segura é a trilha que quero arriscar =]
Teve uma (ex-)amiga que certa vez disse que vivo fazendo planinhos, mas disse de uma forma para me alfinetar, desdenhando. Talvez ela estivesse certa, mas prefiro assim: sonhando, pondo bonde pra andar, quebrando a cara. Talvez nada dê certo, raramente deu, mas sou daquelas pessoas que se divertem mais com a viagem do que com o destino, né? :P

(Sério, com tanta coisa legal pra se criar e se divertir fazendo, por que as pessoas queimam seus dias vendo televisão e falando mal dos outros no zapzap?)

Toda vez que recebo páginas do Miguel dá vontade de pedir desculpas pela minha incompetência: ele anda desenhando mais rápido do que (re)escrevo. E nem sempre fico feliz com os tons de cinza que coloco na arte dele. Às vezes acho que acerto, mas muitas vezes me pego tratando o sombreado como se fosse cores, pintando a página inteira. Aí falo alto "ai, anta", apago todo esse fruto de uma empolgação tosca e recomeço.

Falando em recomeços... na página 4, Raquel está consultando no celular um site cheio de imagens quebradas sobre Gádira. Caso tenham curiosidade, coloquei no site a página que usei para fazer o quadrinho. Não tem nada lá, além de imagens tiradas diretamente dos anos 90 da internet + texto em lorem ipsum misturado com coisinhas em português sem formatação nenhuma.
Curiosamente, eu fiz essa "página" dez anos atrás para uma versão anterior de Raquel, e lá a personagem consultava em um computador de mesa (aposto que com monitor de tubo).
O que dez anos fizeram com o mundo, né? E vinte então? Achei estes tempos o primeiro manuscrito da história (1995?) e lá tá assim, em toda glória de bic azul sobre folha de caderno universitário:

"Mas seu guia de cursos não registrava uma linha sobre curso nenhum daquela universidade, nem em química, nem em outra graduação. Por sinal, não encontrava a cidade de Gádira no mapa do estado e a sua Enciclopédia Universal, a melhor que ela conhecia, não sabia nada sobre a cidade nem na letra "G", nem em nenhum livro do Ano ou apêndice.

Mas achou referências na EPE (Enciclopédia de Pesquisa Escolar), uma daquelas tralhas que aqueles vendedores de porta em porta te empurram como a melhor coisa do mundo... em doze anos, Raquel raramente a usou, e só para ter alguma informação superficial sobre determinado assunto. Era assim também sobre Gádira: "Cidade e Município do Estado de São Paulo, com 823km² e 35.000 habitantes. Agropecuária e uma universidade particular. O natural ou habitante é gadiriano". Mas já era algo."

Cara, ela consultava enciclopédias, tinha DUAS em casa o.o

PS: quem não pegou a referência do que Raquel fala no último quadrinho, clique aqui :P O texto é quase tão velho quanto a personagem :)

Ei, quer receber tirinhas e páginas de Raquel no conforto do teu e-mail, muito antes de eu publicar no site? Cliquem aqui e preencham este formulário :D

Raquel, páginas 3 e 4




Transcrição:
Página 3
Raquel: Aí, quando já estava me resignando à mais um ano de abstinência social,
Raquel: exilada no maravilhoso país das apostilas e simulados, me chega uma carta:
Raquel: eu tinha sido aprovada em Química na Universidade O.M.N.I.!!
Raquel: Yay!!! :D
Raquel: Viva!!! :D
Raquel: Felicidade!! \o/
Raquel: Aleluiaaaa~~!! \o/
Raquel: Nunca ouvi falar dessa universidade ¬¬’
Raquel: ...muito menos fiz vestibular para lá, nem lembro onde foi o exame. Portanto, não o fiz...
Raquel: (isso é lógico, né?)
Raquel: Só que.....
Raquel: minha mãe achou dentro de minhas apostilas o meu cartão de inscrição para a prova (e o gabarito!) preenchidos com minha letra, no meu nome e preenchida com minha caneta perfumada favorita!!
Raquel: É, não lembro de nada O.O
Raquel: Mas o mundo fez questão de dizer que fiz sim e trata de esfregar isso na minha cara.
Página 4

Raquel: Não me dei por vencida e fui pesquisar sobre a tal universidade, seus cursos, reputação... e encontrei:
Raquel: ...nada.
Raquel: nadica de nada
Raquel: Com alguns malabarismos nas páginas de busca, encontrei referências sobre Gádira, a cidade em que estpá o campus da O.M.N.I.
Raquel: Mas eram dados bem básicos tipo população (7000 habitantes) e gentílico ("gadirense")
Raquel: perdidos num site "escolar" com visual antigo e cheio de imagens quebradas
Raquel: (que provavelmente não era atualizado desde a invenção da Internet.)

A história até aqui: Raquel está em um ônibus, relembrando que quase passou em todos os vestibulares que fez...

Para quem chegou agora: Raquel é uma história em quadrinhos, escrita por mim e desenhada pelo Miguel Jacob. É o "remake" de uma história que já fiz mais de uma vez, mas dessa vez pretendo que seja a definitiva :)

...e muitos de vocês terão déjà vu: Raquel já teve sua história contada aqui, mais de uma vez, acho. Estava querendo recontar e retomar esse enredo (afinal, nunca terminei...) quando o Miguel, que já tinha feito do jeito dele as primerias tiras de Klara perguntou se ele poderia redesenhar a história...

E aqui estamos :) Estou reescrevendo, ele está desenhando a personagem e espero que vocês gostem :)
Pra quem já tinha lido Raquel antes, queria dizer que o enredo vai ter diferenças do que vocês já leram e espero que vocês curtam, assim como quem chegou agora^^ E como sempre, peço comentários e críticas: dinheiro é bom, mas ter opiniões e comentários sobre o que estou fazendo para que eu possa melhorar vale mais do que dinheiro :P

Ei, quer receber tirinhas e páginas de Raquel no conforto do teu e-mail, muito antes de eu publicar no site? Cliquem aqui e preencham este formulário :D

Raquel, páginas 1 e 2




Transcrição:
Página 1
Raquel: Aiai...
Raquel: Vai entender....
Página 2

Raquel: Depois de um ano de cursinho, muita privação, preparação, uma penca de vestibulares...
Raquel: Todos seguidos de segundas-fases, ansiedade pelos gabaritos, tabelas com notas, classificação, lista de chamada...
Raquel: Consegui o impossível:
Raquel: Fui a primeira colocada em todas as provas \o/
Raquel: Todas mesmo!
Raquel: A primeira, sempre a primeiríssima após o *último* colocado da *última* lista de chamada de *todos* os cursos que prestei... =_=
Raquel: Eu quis morrer -_-'

A história até aqui:
Ei, a história está começando agora e....
...e muitos de vocês terão déjà vu: Raquel já teve sua história contada aqui, mais de uma vez, acho. Estava querendo recontar e retomar esse enredo (afinal, nunca terminei...) quando o Miguel, que já tinha feito do jeito dele as primerias tiras de Klara perguntou se ele poderia redesenhar a história...

E aqui estamos :) Estou reescrevendo, ele está desenhando a personagem e espero que vocês gostem :)
Pra quem já tinha lido Raquel antes, queria dizer que o enredo vai ter diferenças do que vocês já leram e espero que vocês curtam, assim como quem chegou agora^^ E como sempre, peço comentários e críticas: dinheiro é bom, mas ter opiniões e comentários sobre o que estou fazendo para que eu possa melhorar vale mais do que dinheiro :P

Ei, quer receber tirinhas e páginas de Raquel no conforto do teu e-mail, muito antes de eu publicar no site? Cliquem aqui e preencham este formulário :D

Raquel (fanzine #3), página 6


Transcrição:

Mário: "...que eu tenho no armário"
Raquel: numa garrafa!! Eu não acredito que estou presa numa garrafa!!
Raquel: ...mas acreditei que passei num vestibular que nunca fiz, numa cidade fora do mapa...
Raquel: meu, era óbvio que tinha algo errado... como pude cair como uma pata nessa?
Raquel: e... e minha companheira de quarto que definitivamente não é desse planeta??
Raquel: por que não fugi gritando desesperada como qualquer pessoa normal?
Raquel: agora estou aqui....


A história até aqui: Raquel é uma universitária normal que passou em universidade nenhuma, exceto na O.M.N.I., que ela não se lembra de ter feito prova para entrar. Curiosa, foi até lá e coisas estranhas começam a acontecer....

Pra quem chegou agora (e desmemoriados em geral): Raquel é uma personagem antiga minha, que teve fanzine, depois rebootei a série quando a moda eram HQs em flash, depois fiz mais dois outros reboots. Pretendo colocar todo esse material no site das tirinhas, mas esse é um trabalho lento e devagarzinho estou 'remasterizando' a arte, colocando letras legíveis e mandando pra vocês antes de todo mundo :)
Quer relembrar o que aconteceu na história até agora? Leia o primeiro capítulo de Raquel, o segundo aqui e o terceiro (mas aviso desde já: é uma história incompleta - e estamos na penúltima página!)


Penúltima página, e a segunda que tive de caçar num caderno velho o texto que ia para ela, decifrar minha letra feia, e fazer caber as falas. Essa página também teve duas dificuldades, até tirei foto e pus no instagram, vejam aqui.
Viram? A primeira é que tinha uma longa coluna à direita escrita "xerox". Acho que era para ter recortado cenas dos capítulos anteriores e fazer uma montagem da personagem recordando o que aconteceu até esse momento. E assim fiz, agora com photoshop porque não sou masoquista x)
A segunda é que o olho direito da Raquel no último quadro estava numa posição errada DEMAIS. Tentei arrumar, não ficou 100%, mas segue a vida.

Falando em segue a vida (que continua em ritmo pesado por causa do trabalho e, pelo jeito, até o começo do segundo semestre será assim. Ao menos vai gerar bastante material pro "trabalhar dá sequelas") sexta retrasada morreu o Bóris, a ovelha de pelúcia que pensava ser um cachorro que vivia comigo e minha família desde antes de vocês nascerem (2002).

Escrevi um texto rápido sobre ele no meu blog, bem aquém da presença dele aqui em casa e da falta que deixou. Cada bicho que passa na vida da gente deixa um monte de histórias, nos faz aprender monte de coisas - respeito, dependência, comunicação, carinho, e não só isso - e mesmo que doa no fim, ou tenhamos de fazer decisões doloridas, vale a pena ter um bicho por perto, cada minuto.

Ah, sim, to falando de animais domésticos. Não seja babaca e não pegue um animal silvestre para criar em casa. E qual a graça de manter passarinho preso? ¬¬'
E lembrem: bicho não é enfeite, é um ser com personalidade e requer um contrato para uma vida toda ò_ó

Making of:


Continua em breve, prometo XD

E como essas páginas saíram em um fanzine muuuuuuuuuuuito tempo atrás, vou por também os scans das duas últimas páginas dele, com mapa da Universidade O.M.N.I. e talz:

ANTES DE TUDO: intervalo comercial:

Um conto meu foi lançado em ebook na Amazon pela editora Draco, comprem, nem precisam ler :) Vejam aqui ~> http://www.amazon.com.br/dp/B01CRC3GHW/
Ele é baratinho (R$2,99!) e dá para ler no kindle e em celulares/tablets/computadores que tem o aplicativo da amazon (que é gratuito). Para quem quiser ver os outros contos da coleção: http://editoradraco.com/?s=monstros+gigantes

Bom, de volta à programação normal:

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Última página da hq segundo fanzine pronta + as páginas seguintes, e elas valem um textãozinho:
1) a maioria das cartas eram de leitores do fanzine CYMB ótico (se não me falha a memória, mandei zines pros leitores que mais escreviam, que tinham algum destaque etc)
2) o desenho é de André Leal, que anos depois conseguiu criar um artigo pra ele na wikipedia :P (e também desenhou um dos volumes da HQ Leão Negro)(pessoalmente, um dos mais fracos da coleção, mas recomendo com ênfase a série)
3) o mapa da O.M.N.I. esconde meu nick em japonês (虫さん)
3½) juro que melhorei nesse treco de desenhar mapas: http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/02/mapas-meus-send.php
4) e tá escrito no canto inferior direito: "by 虫さん, que ñ é engenheiro nem arquiteto. Muito menos desenhista..."

Acho que só, há páginas de um terceiro volume de Raquel, incompleto, que escaneei e que talvez volte em breve. Mas antes disso, volto com o leilão (aleluia!) XD
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
Não, não é só isso não, andei escrevendo bastante no meu blog, deixa eu divulgar alguns dos links em nome da autopromoção desavergonhada:
5) fiz comentários rápidos de livros que comprei e li: http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/01/entra-e-sai-de-12.php
5½) fiz isso duas vezes http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/03/entra-e-sai-de-13.php
6) também resenhei de duas HQs nacionais: "Ser Pai de Menina é..." e "Ghilan": http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/01/resenhas-rapida-8.php
7) em 2014 eu e namorada brincando com um brinquedo caro ^^
8) lembrei três comerciais que entraram (por algum tempo) pra língua portuguesa...
9) ri do meu trabalho, claro :P
10) e, por fim, resenhei dois desenhos animados: Rio e Detona Ralph http://www.mushi-san.com/geladeira/2016/02/resenhas-rapida-9.php

#cansei #partiu

Transcrição:

Uma parede de novo?
...isso tá ficando é repetitivo...
RRRRRRRRRRR
to be continued...

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 12

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Enfim, essa página tem uma piada interna tosca: mais ou menos quando lancei Raquel em fanzine, a editora Globo lançou um gibi de super-heróis chamado Gen¹³, que era um bando de adolescentes super-poderosos que viviam meio que fugindo de uma organização governamental, blablabla. Enfim, a líder desse grupo de personagens, Caitlin Fairchild, tinha vários pontos em comum com a Raquel (além de usar gigantescos óculos redondos nas primeiras páginas, ela faz faculdade e foi chamada para participar de um projeto misterioso) e alguns leitores me provocavam dizendo que a brasileira era imitação da americana :P (mas juro que não é, Raquel foi inspirada num RPG que nunca joguei^^')

Enfim, já que nessa página a Raquel acha que os homens de preto vão leva-la, decidi contracena-la com os três que levam Fairchild.
E é isso.

Transcrição:

Três homens de preto...
Podem me levar!
Porer-ia repetir, please? Eu non entendo o ke dize...
...tô com os nervos à flor da pele!
(os coitados só estavam esperando a vez deles telefonarem...)
aqui está ficando no mínimo estanho
e...
antes que fique perigoso vou pegar minhas coisas e puxar o carro!
isso se eu não ter um ataque nervoso antes!

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 11

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Eu estou derretendo nesse calor dos infernos, e vocês?

(tem um ou dois da lista que vivem no hemisfério norte e devem reclamar de frio)
Agora tá frio demais pra eu me manter acordado, por que Sampa não tem temperaturas médias?

Continuando a remasterização de Raquel, você sabe que a HQ é velha quando a personagem precisa ir para um orelhão para ligar pros parentes X) Mas nesse ano já não existia mais a TELESP, cujo logo estampa o aparelho, só achei mais divertido ser anacrônico e não colocar o logo da tele-afônica, que ninguém suportava já daquela época =P

Ia comentar uma série de coisices que andei fazendo, principalmente no Blog³ mas vou dar um destaque: meses atrás fiz mapas para ilustrar um livro e finalmente ele será impresso :DDD Vejam aqui!!!

Transcrição:
Mãe?
Tudo be aí?
Não... não...
voltando pra casa...
Mãe?
Você está me ouvindo?
Eu não disse que tô achando aqui legal! Eu disse que tô...
Não! não desliga!
DROGA!
...tutututututu...
Ah...
Era justamente o que esperava que me acontecesse agora!

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 9

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Para quem chegou agora, Raquel é uma história antiga que teve várias versões, a primeira foi em fanzine, que é essa que estou escaneando, "remasterizando" e postando aos poucos no site. Mas aviso desde já, o fanzine só teve duas edições e mais algumas páginas de rascunho, portanto, a história termina incompleta :P Para quem quiser ler as páginas anteriores...

1) cliquem aqui para ler o primeiro fanzine completo: http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_rz1.php
2) e aqui para ler o segundo, que é de onde a página em anexo veio :) http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_rz2.php (se vocês clicarem nas páginas, lerão toneladas de explicações e blablá sobre cada uma delas)

Em tempo: tenho uma prima chamada Raquel, mas a personagem nasceu bem antes dela :P Estas páginas devem estar fazendo o vigésimo aniversário esse ano ou no próximo.

Transcrição:
pulgas
O que você viu??
"Boa pergunta..."
Vi... eu vi... outra barata!
~~~~~~eek!

Making of:

Raquel (fanzine #2), páginas 7 e 8

CLIQUEM NA IMAGEM PARA AMPLIAR!!

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Gente!

Deculpa demora na atualização: simplesmente me assustei tanto com a quantidade nessa página dupla que deu pregui... medo de escanear, juntar no photoshop (porque não cabia no meu scanner a página inteira), depois apagar todos os erros, borrões de tinta (a caneta-nanquim que eu usava na época estava mais sujando o papel que riscando), etc etc. Resultado: demora exagerada para uma página dupla meio que sem balão e sem pé nem cabeça (pra quem a essa altura do campeonato esqueceu a história, ela tá aqui: http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_rz2.php).

E o que é essa rabisqueira toda, afinal?
1) No alto, à esquerda, um dragão genérico. Ou, talvez um dragão inspirado na serpente de Midgard, mais exatamente na versão de Walter Simonson pra edição final dele de Thor - você pode ver o bicho aí ao lado (olhem o corpo dela se perdendo no horizonte, abaixo, à direita). Vou me esticar aqui: acho Thor um personagem bem nhé, mas sou fã dessa fase escrita pelo Simonson. Pena que a minha versão pareça mais uma lombriga esticada do que uma besta do apocalipse viking.
2) Cruzando a serprente tem um dirigivel genérico, o logo do fanzine CYMB ótico (muito bem disfarçado, abaixo do dirigivel, acharam?) e a Lua (à direita), sendo cruzada pelo martelo do próprio Thor.
3) Do lado esquerdo de Raquel, além de uma pirâmide, um clone de Saturno, um pterossauro e pinheiros, tem o Happosai, personagem do anime/mangá Ranma½. Esse personagem não é uma boa notícia, trata-se de um velhinho que... coleciona calcinhas (que rouba da vizinhança) e avança nos peitos das garotas :P Assim:


(tá em italiano, mas quem liga pro que falam?)

4) Ainda do lado esquerdo da Quel uma figura impossivel que nem sabia que tinha nome (achei agora): um "blivet". Abaixo dela tem um hipopótamo e um vaso sanitário onde se esconde o "astronauta" que apareceu na página anterior :P
5) Do lado esquerdo da cabeça da menina, tem o Cometa Império, cidade/nave do anime Yamato/Patrulha Estelar. Basicamente eram os vilões da segunda temporada do desenho, destruindo mundos e frotas de naves até finalmente chegarem à Terra e tal. Pra quem quiser ver o bicho em video, destruindo a Lua, clique aqui. Mas eu, quando moleque, achava mais legal a introducao do anime mostrando o cometa destruindo tudo pelo caminho :P (clique aqui para ver, a dublagem tá em ingles, sofra quem quiser)
6) Do lado do Cometa está um prédio kryptoniano, ao menos como foi retratado nos anos 80/90 por John Byrne^^
7) E abaixo do prédio está a máscara do Doutor Destino, um dos melhores vilões da Marvel =p
8) Nessa meia página ainda tem duas fadinhas genéricas (entre o prédio kryptoniano e o bichão feio e grande que ocupa o centro da página)(e que inventei, talvez copiando idéias alheias, mas inventei) e algo que parece ser uma ponte ligando a floresta à Lua. Ok, e nem uso drogas. Nem fumo. Juro.
9) Ao lado do vaso sanitário tem caveiras (booo), uma com chifres õ.o (certeza que não é tymyze por que pus chifre nessa raça alienígena bem depois disso) e um demoniozinho de algum mangá da Rumiko Takahashi. Provavelmente de Urusei Yatsura - já que ele é a cara da protagonista - mas acho que ela usou ele em Ranma½ mesmo....
10) Tá acabando, prometo: ao lado do demoniozinho, duas torres de algum castelo de fantasia, os símbolos de cinco dos sete Perpétuos, personagens de Sandman: Sonho, Desejo, Morte, Destruição e Destino. Ficaram faltando Dellirium e Desespero.

gosto deles nessa versão fofa da Jill Thompson

Atrás do castelo, o Mokona, personagem das Guerreiras Mágicas de Rayearth que já tinha aparecido em Raquel e que aqui está dizendo a única coisa que ele consegue falar: "ぷ!" ["pu!"]
11) E atrás do Mokona, a Manopla do Infinito, objeto poderoso da Marvel que contém as jóias do Espaço, Mente, Alma, Realidade, Tempo e Poder. Quem possui a manopla, controla só isso aí :P Ao lado da manopla, um smiley :P (mas acho que tem mais a ver com o "Chefe Smiley",

...vilão de uma das histórias de Sandman, do que com o símbolo que todos conhecemos)(E como não tem marca de sangue, certeza que não é o smiley de Watchmen :P)
12) Abaixo da Lua tem a Yamato, nave que dá título a um anime..... que por sinal é o do Cometa Império X) Abaixo dela acho que tem o canto mais "meu" dessa página: um brontossauro, que fiz por que é legal fazer (apesar que brontosauros nunca existiram), uma "cidade do futuro" ao fundo (achava que no futuro todos os prédios seriam cilíndricos com cúpulas no alto, tá?) e um robô quadrúpede derivado dos AT-AT de Guerra nas Estrelas: eu achava legal faze-los em 2D e um dia aprendi a desenha-los em 3D... bom, foi com eles que saí da fase "desenhos bidimensionais de palito" e comecei a aprender a desenhar. Ou algo assim :D

Pronto, esse mail com textão compensa a ausência de balões de fala na página, né? :P

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 6

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Como falei no começo dessa "republicação" de Raquel, eu mal me lembro desse segundo número do fanzine e da história que tinha nele. E vendo as páginas seguintes à essa, me lembrei menos ainda :P Fiquei com a impressão que caí na síndrome que contaminou o seriado Lost e o anime Evangelion: comecei a inventar coisas sem nexos para ir ocupando espaço, depois resolveria o que é.
Espero que isso não influencie a opinião de vocês :P

....alguém lê estes comentários que faço? x)

E estes dias postei no blog um "curriculo" do que andei fazendo na vid... digo, internet desde o começo dos tempos: http://www.mushi-san.com/geladeira/2015/01/bibliografia.php <- visitem lá, tem muita coisa (que considero) legal ^^

Transcrição:
Foi o que me disseram, mas sei lá...
O que foi Raquel? Você tá pálida
.....

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 5

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Na página 5, primeiro quadro: na mesa do alojamento de Raquel/Catarina tem uma das distopias mais incômodas de todos os tempos, 1984, de George Orwell (que divide meu panteão pessoal com "Admirável Mundo Novo", de Aldous Huxley) e um mangá não-identificado (o escrito parece ser "fushima V" [ふしまV], mas "fu/ふ" pode ser "bu/ぶ" ou "pu/ぷ", e o "ma/ま" talvez seja um "ho/ほ" - ou "bo/ぼ", "po/ぽ"...).

Transcrição:
uau!...
Você acorda todo dia assim?!
ehehehehehehehehe
E o que deu em você ontem, hein? Caiu como uma pedra lá fora...
Eu estava com febre?
Pelo contrário, tava gelada!
Aí apareceu um médico do nada dizendo que você tinha era apenas cansaço de viagem!
Cansaço?

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 4

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Quando foi que eu postei Raquel da última vez mesmo? Novembro? ^^"
(Culpem a conjuntivite - ainda estou tomando colírio - mais preguiça e estas páginas com muito preto que tem de ficar retocando no photoshop)

Para quem não se lembra da história, ou se você chegou agora, as páginas anteriores estão aqui: http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_rz1.php (foram 2½ fanzines que fiz nos anos 90, já aviso que a história não foi concluída)(pra variar^^)
E essa semana dei uma atualizada nas páginas com fanarts e ilustrações minhas, cliquem nas imagens abaixo visitem, é legal :D

E acho que meu de 1996 gasto meio vidro de nanquim nessa página....

P.S.: tá escrito ハケルの弟 (Hakeru no otōto), "irmão mais novo de Raquel" ao lado dele no 1º quadro.

Transcrição:
Daqui a pouco ele me aparece
Ô burrona, acorda!
ハケルの弟
irmão + novo de Raquel
Fratricídio é crime?
...talvez até me dÊem uma vaga numa faculdade cara por serviços prestados à espécie humana.
Harvard seria uma boa.
Acho melhor eu parar de fingir que estou dormindo e levantar!
clik
ô burrona, acorda!
VAI ENCHER O SACO DE OUTRA!

Making of:

Feliz Natal!!!

Primeiro a mensagem mais importante: FELIZ NATAL!! (sim, tá atrasado, mas aposto que ninguém liga)
Eu *ia* fazer uma ilustração de Natal esse ano, mas não deu certo e resolvi reciclar uma arte que eu fiz antes de vocês nascerem :D

Abração para todos, muitos presentes e não exagerem na ceia e tal. Se exagerarem, bem feito :PP

P.S.: Para quem chegou agora, quase todas as tirinhas estão aqui: http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_index.php
P.S.2: as personagens são Catarina e Raquel http://livro.mushi-san.com/2arias/tiras_rz1.php. Um dia escrevo a história em que elas descobrem que Papai Noel é um vilão. Óbvio.

Raquel (fanzine #2), página 3

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Eu acho que gastei meio vidro de nanquim nessa página....

Notas não relacionadas:
1) quem quiser ler o fanzine 1 de forma diferenciada, como se fosse uma revista, tem no issuu: http://issuu.com/mushisan/docs/area_01
2) saiu o terceiro número do fanzine Sine Qua Non, meu e da namorada. Quem quiser conhecer e ler o zine na rede, visitem o site: http://sinequanon.mushi-san.com/ (vamos distribuir na Bienal de BH, fds que vem).

Transcrição:
Qto horas agora?..
Nhei fcde novo. Putz, q neura....
...
Aaai! Minha cabeeeça!
(não dormi legal)
Fica bitolando até tarde, Raquel, fica!
Agora não tem mais pique para ajudar a Catarine com a festa da priminha de...
Aaargh! Como eu pude aceitar um troço desses?
Fantasiaa... só eu mesmo...
...
Kevin... Kelvin... com nome diferente mas parecia... não tinha coisa melhor preu sonhar, não?

Making of:

Raquel (fanzine #2), página 2

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Então, teve um segundo zine e... ei, vocês viram a capa e a página 1 ali em baixo, né?

Ok, deixa eu voltar: nem lembro se o Área #2 foi xerocado e distribuído (se foi, foram bem poucos, eu não tenho cópia), e a capa é uma colagem com várias coisinhas velhas que tinha a mão, e outras que fiz para o momento XD Em destaque, a "Klara" em caneta vermelha abaixo deve ser uma das primeiras versões da personagem, quando eu ainda tava entendendo esse negócio de desenhar mangá, lá pra mil novecentos e guaraná com rolha (1992? 93? 94?).
Ainda na capa, os "passe escolar ônibus" em marrom e verde tem historinha também: nos tempos pré-bilhete único e cartões para pagar passagem de ônibus, era essa a forma dos estudantes pagarem meia passagem nos coletivos. Certo dia eu estava andando pelo colégio e vi estes dois no chão, peguei... e vi que eram cópias: alguém pegou, escaneou e imprimiu a cores. A cópia ficou péssima, é visível a falsificação, mas foi a primeira vez na vida que peguei algo que foi escaneado!! E por alguém que tinha acesso à uma impressora colorida!!! Uaaaau..... XD
Pra encerrar, a colagem toda é feita em cima da capa de outro fanzine, o CYMB ótico #8, que brinca com o poster de Poltergeist, que já citei nas tirinhas :)

A página 1 é um resumo da história + seção de cartas (a sugestão desse leitor é idéia bem diferene do que imaginaria pra Raquel em qualquer época, mas, de repente, naqueles anos, se o zine continuasse e continuasse tendo feedback....
Só que o mais importante nessa página é o fanart da Quel e Cat (com orelhas de gata :P) feitas pela sumida da Axia Stowe. Acho que foi o primeiro fanart de um personagem meu ♥

Em relação á página de HQ propriamente dita: eu até tinha esquecido que a Raquel tinha um irmão mais novo e mala :P Ele mal aparece, mas deixa sua marca ^^' E tem 3 "easter eggs": no segundo quadro, o moleque usa uma camiseta com os The Paraibanos do Subúrbio, personagem do Laérçon, no terceiro, tem um poster do mangá "Ranma½" no quarto (essa capa, para ser quase exato) e acho que Raquel veste uma camiseta das New Wave Girls, personagens da Axia Stowe =)

Que também fez esse fanart aqui da Raquel =D

Transcrição:
Burrona, carta procê.

Making of:

Raquel (fanzine #2), capa e página 1


Raquel (fanzine #1), página 13

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

E termina aqui o primeiro fanzine de Raquel ^^ Acho que nessa sequência final de páginas eu mudaria muita coisa - e na verdade, mudei, né? - mas tudo bem, teve mais páginas de quadrinhos adiante, logo escaneio e entupo a caixa postal de vocês com as páginas X)
Mas antes da nova HQ, logo abaixo tem as páginas finais do fanzine, já falo sobre elas, mas antes.... já viram o visual novo do meu site "principal", apontando cada um dos sites que fiz ou redes na internet onde estou? Olhaqui: http://www.mushi-san.com/

Transcrição:
"Foi então que eu percebi que tudo em torno de mim estava se clareando..."
"Fiquei sozinha, no nada"
"E o nada ia ficando cada vez mais apertado"
"(Ou era eu que estava crescendo)"
"Isso não importava mais"
"Não mesmo"
Continua...

Making of:


Páginas extras!, afinal, um fanzine é feito de capa e quadrinhos, mas também tem editorial:


Na transcrição das letras miúdas em torno: "Espalhados por toda a página, os 1ºs rascunhos de Raquel. Traduzindo: este que a vós escreve está satisfazendo seu ego com exibições imaturas. E aproveita o espaço para agradecer a "Gurps Illuminati University" pela inspiração, à Gen¹³ pelo insight inicial (e apenas isso!) e à Divina Comédia, Timeu e Crítias, Silence Man, O Chamado de Cthulhu, Ranma½, Nausicaä do Vale dos Ventos, Five Star Stories, Magic - The Gathering, Advanced Dungeons & Dragons, As Guerreiras Mágicas de Rayearth, Caverna do Dragão, X-Men, Project A-Ko, Tales From the Crypt, Meu Amigo Totoro e Esquadrão Atari pelas citações espalhadas nas 13 páginas desta história!!"


E a última página foi uma colagem de ilustrações antigas (também conhecido como: "to sem idéia do que colocar aqui"). À esquerda um longo trecho no meu código do diário da época (que estou com pregui de tentar traduzir), e no alto, à direita, ilustrações da @cristinaeiko

Raquel (fanzine #1), página 12

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

Penúltima página!
E mais um "quem é quem" rápido no quadro 1: à esquerda, um dos membros da Ninhada, vilões dos X-Men (uma raça alienígena que imita algumas caracterísitcas dos bichos feios da série Alien)(mas são legais), depois a C-ko, do anime Project A-ko, ao lado do Vault Keeper, "apresentador" das histórias da revista the Vault of Horror. Abaixo dos dois, mais um totoro x)
No quadro 3, ao fundo, o Senhor Nebulosa, Decorador de Mundos. Isso, decorador... x)
E Catarina (na verdade, eu) faz uma piada bem besta com o anime Sailor Moon, onde tinha um secundário com nome de Kelvin, trocando o nome do personagem da minha história só pra irrita-lo.
Falando em Kevin, o boné de Kevin tem o logo da IOU (Illuminati University), um suplemento de RPG que nunca joguei, mas me inspirou em criar a O.M.N.I.^^

Transcrição:
é Kevin!
"Nada... outra vez."
"Como eu imaginava"
"Catarina continuava a falar, acenar..."
Entendeu?
Tá, tá...
"...cumprimentar e outros verbos sociais"
...Kelvin, Kevin, é tudo a mesma coisa e...
Oh! Fala, Grande! Todo em cima, como vai essa...
Ah, deixa eu apresentar. Kevin, Grande, esta é a Raquel.
...E Raquel, o grandão é o "Grande" e o baixi...
?! Ei, cê tá legal?
"Ela estava bem familiarizada, nem parecia ver a multidão em nossa volta"

Making of:

Raquel (fanzine #1), página 11

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

E acho que aqui merece um quem-é-quem, né? (Pessoas normais, sugiro ignorar o texto abaixo, já que está nerd acima do usual)

• quadro 1: além de Cthulhu, monstro do conto de H. P. Lovecraft, tem o P-Chan, porquinho do mangá Ranma½ e um bicho que bem provavelmente veio de uma carta do jogo Magic: The Gathering.
• quadro 2: ao lado de Cthulhu, tem um Ohmu, inseto gigantesco do mangá Nausicaä. Abaixo, uma tymyze genérica e outro bicho a identificar - também aposto que é de Magic (jogadores, imploro que me ajudem na identificação XDD)
• quadro 3: no alto, à direita, a cabeça de um robô do mangá Five Star Stories (que nunca li, nem assisti, mas tem alguns dos robôs gigantes mais elegantes que já vi). Voando, outro bicho de Magic (não sei onde estão minhas cartas para fazer uma pesquisa, a maioria das criaturas aqui devem ter saido da 4ª Edição, Fallen Empires ou Ice Age)
• quadro 4: primeira carta de Magic identificada: um Juggernaut! Abaixo dela, Shampoo (outra personagem de Ranma½) e Mokona, do mangá Magic Knight Rayeart. Do outro lado da fala enorme de Catarina, tem um Beholder, monstro do RPG Dungeons and Dragons e outro ilustre desconhecido de Magic.
• quadro 5: um Totoro (do anime homônimo), Sheila e Eric, de Caverna do Dragão, além de um centauro e um canteniano genéricos. Na margem oposta do quadro, Paco Raco (Pakrat, em inglês), do hoje obscuro gibi "Esquadrão Atari", da DC. Não digo que esse personagem influenciou a criação de Catarina, Maria e outros cantenianos, assim como a Geninha (Gadget) do desenho "Tico e Teco e os Defensores da Lei" também não o fez.

Transcrição:
"E a cada minuto, mais entes e vultos inéditos se revelam aos meus olhos"
"Um ecossistema de fantasia."
"Um bestiário de ficção científica"
"Extraordinário"
Sabe, foi minha prima quem descobriu a existência desta universidade e me sugeriu.
"Incrivelmente diverso"
Vim para cá, e aí me deram uma prova cabeluda para fazer. Fui um desastre!...
Como qualquer coisa que você faça que tenha habilidades intelectuais como pré-requisito!
"E mais ainda: eu estava calma!"
"Parecia que a cada primo distante da criação que era me apresentado, mais minhas suspeitas e temores se diluiam..."
(mas nem tanto)
Kelvin! Meu fofo! Como vai a Molly?

Making of:

Raquel (fanzine #1), página 10

Para ler as páginas anteriores de Raquel, cliquem na imagem à direita --->

...eu sei, é meio decepcionante achar que ia ler uma página de quadrinhos e encontrar apenas uma ilustração que ocupa a página toda. Reclamem com meu eu de 1996, ele quem resolveu fazer a página assim.

E não sei donde tirei a idéia de colocar um pássaro gigante aleatório pra enfeitar uma página, eu não tinha lido 1001 Noites ainda, onde tem a participação do pássaro Roca: http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1ssaro_Roca (O artigo em inglês é maior e tem mais figuras :P http://en.wikipedia.org/wiki/Roc_%28mythology%29)

Transcrição:
"Eu não disse..."

Making of:

2  

Find recent content on the main index or look in the archives to find all content.